Como escrever histórias mais longas?

Alguns escritores são mais atraídos pelos contos e histórias que sejam mais breves, porém, é comum que, quando esses mesmos escritores busquem criar histórias mais longas, encontrem uma certa dificuldade. Sabendo disso, elaboramos algumas dicas para ajudar esses autores a não desistirem de escrever seus livros grandes, mesmo que pareça coisa de outro mundo.

1 — Pense em criar mais personagens.

Escrever uma história com mais personagens do que você está acostumado vai te trazer uma possibilidade maior de criar tramas e consequentemente, tornará a história mais longa.

2 — Pense em como colocar o seu protagonista em problemas. kkkkkkk

Parece engraçado, mas para quem é acostumado a escrever contos e histórias curtas, pensar em situações que possam estender a trajetória do seu protagonista é muito importante. Você pode envolver os personagens secundários nessa hora.

3 — Estenda um pouco seu tempo de escrita.

Todas às vezes que você for escrever um trecho ou capítulo da sua história, se desafie a ficar mais 10 ou 15 minutos do que está acostumado e perceba como você pode acrescentar detalhes ao ambiente da história, características aos personagens e trilhar caminhos maiores para os mesmos.

<p value="<amp-fit-text layout="fixed-height" min-font-size="6" max-font-size="72" height="80">Gostou das dicas? Não deixe de compartilhar com seus amigos e acompanhar nosso blog! ❤Gostou das dicas? Não deixe de compartilhar com seus amigos e acompanhar nosso blog! ❤

Como descobrir o meu público alvo?

Você terminou de escrever o seu livro e não sabe qual a melhor maneira de publicá-lo e muito menos quem serão seus possíveis leitores? Saiba que conhecer o seu público é muito importante, já que, com essa informação, você conseguirá decidir a sua plataforma de publicação, o preço do seu livro, a forma como ele será divulgado e muitas outras coisas.

Hoje vamos compartilhar algumas maneiras de descobrir o seu público alvo.

1- Use a internet!

Se você é ativo em suas redes sociais e tem uma conta comercial no Instagram, você consegue saber algumas informações, como a média de idade, região e gênero das pessoas que te seguem. Isso te ajudará muito na hora de direcionar seu conteúdo, seja ele um livro ou a divulgação do mesmo.

2- Pesquise sobre o gênero que você escreve.

Ainda bem que a internet existe hoje em dia, não é mesmo? Pesquisar sobre o gênero que você escreve é muito importante. Desde as preferências sobre o visual do livro, idade das pessoas que mais leem o gênero que você escreve até as plataformas que o seu público utiliza para consumir literatura, são informações determinantes para decidir onde e como publicar seu livro.

Vamos dar um exemplo: O relatório Listen & Read: The battle for attention, disponível no PublishNews, afirma que Audiolivros e podcasts são muito populares entre as gerações X (40-55 anos), Y (25-39 anos) e Z (16-24 anos). Já a geração “Baby Boomers” (56 anos e mais) prefere os livros físicos. Isso não significa que publicar seu livro físico para o público jovem seja ruim, apenas mostra que existem outras maneiras de publicar e ser conhecido caso os livros físicos ainda não sejam uma realidade para você.

3- Tenha perfis em redes sociais feitas para leitores.

O Wattpad e o Skoob, por exemplo, são plataformas que disponibilizam leitura gratuita e uma interação próxima e eficiente entre leitores e escritores. Você pode pesquisar sobre o seu público alvo escrevendo contos e observando quem são seus leitores ou lendo contos de outros escritores do mesmo gênero que você e analisando quem são as pessoas que chegam até eles. Isso te trará uma noção muito grande sobre quem é o seu público, e o melhor de tudo, de graça!

Essas foram três dicas básicas para você conhecer seus leitores, esperamos que a partir daqui, a sua jornada de publicação seja mais fácil.

Obrigada pela atenção e até o próximo post! ❤